Tríptico de Haywain (asas exteriores)


tamanho (cm): 50x35
Preço:
Preço de venda€134,95 EUR

Descrição

O Tríptico de Haywain (asas exteriores) é uma obra-prima do artista flamengo Hieronymus Bosch, que se encontra no Museu do Prado, em Madrid. Esta pintura de três painéis, que abre e fecha como um livro, é uma das criações mais fascinantes e enigmáticas da história da arte.

O estilo artístico de Bosch é único e muito pessoal. Suas pinturas são cheias de simbolismo e mistério, e seus personagens costumam ser grotescos e fantásticos. No Tríptico de Haywain (asas externas), Bosch retrata uma cena apocalíptica em que homens e animais lutam por dinheiro e riqueza, enquanto o mundo desmorona ao seu redor.

A composição da pintura é muito complexa e detalhada. No painel central, vemos uma carroça cheia de feno, que representa a vaidade e a transitoriedade das riquezas terrenas. Nos painéis laterais, são retratadas cenas do cotidiano, como a coleta de frutas e a pesca. Mas se olharmos com atenção, podemos encontrar muitos detalhes ocultos que nos convidam a refletir sobre a natureza e a condição humana.

A cor é outro aspecto interessante desta pintura. A Bosch usa uma paleta rica e variada, com tons claros e contrastantes que acentuam a tensão e o drama da cena. As cores brilhantes e vibrantes de frutas e animais contrastam com os tons escuros e sombrios do céu e da terra, criando uma sensação de caos e desordem.

A história da pintura também é fascinante. Foi encomendado por um rico comerciante de Antuérpia no início do século XVI e acredita-se que tenha sido concluído em 1516. Desde então, passou por várias mãos e tem sido objeto de muitas interpretações e debates entre especialistas em arte. Embora seu significado exato permaneça um mistério, o Tríptico de Haywain (asas externas) continua sendo uma obra de arte impressionante e cativante que continua a fascinar espectadores em todo o mundo.

Visualizado recentemente